Últimas Notícias sobre BC

Pix é o pagamento instantâneo brasileiro. O meio de pagamento criado pelo Banco Central (BC) em que os recursos são transferidos entre contas em poucos segundos, a qualquer hora ou dia. É prático, rápido e seguro.

Desde que entrou em operação, em 15 de novembro, o Pix, novo sistema brasileiro de pagamentos instantâneos, movimentou R$ 83,4 bilhões, num total de 92,5 milhões de transações, informou hoje (16) o Banco Central (BC).

Prevista para começar em janeiro, a ferramenta do Pix que permite cobranças com vencimento em datas futuras só começará a funcionar em 15 de março de 2021. A nova data consta de instrução normativa do Banco Central (BC), publicada hoje (14) no Diário Oficial da União.

Foto: Divulgação

O Banco Central afirmou algumas contas de água, luz e telefone já poderão ser pagas diretamente pelo Pix em novembro, quando o sistema for lançado.

© Marcello Casal Jr Agência Brasil

O Banco Central (BC) aprovou 762 instituições, incluindo bancos, financeiras, fintechs (empresas de tecnologia no setor financeiro) , instituições de pagamentos, entre outras, para ofertar o Pix, novo sistema de pagamentos instantâneos, a partir de novembro.

Foto : Pixabay

O Pix, novo meio de pagamento instantâneo criado pelo Banco Central no início deste ano, iniciou oficialmente os cadastramentos hoje (5). O sistema entra em funcionamento no dia 16 de novembro.

Foto : Agência Brasil

A previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – para 2019 se manteve em 0,87%, pela quarta semana consecutiva. Os dados constam no Boletim Focus do Banco Central (BC), divulgado hoje (30).

Coaf: a associação acredita que a mudança não tem respaldo na estrutura do Sistema Financeiro Nacional, composto por órgãos independentes (Marcos Corrêa/PR/Flickr)

Os peritos criminais federais avaliam que o deslocamento do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) para a estrutura do Banco Centraltende a fazer com que a unidade de inteligência financeira perca “sua composição colegiada e especialização necessária”.

Foto : Wilson Dias/Agência Brasil

O Banco Central autorizou que clientes de bancos e instituições de pagamentos possam fazer depósito em suas próprias contas por meio de boletos bancários.

Close