Últimas Notícias sobre Dois de Julho

Foto: Reprodução

O Dia da Independência do Brasil na Bahia, nesta quinta-feira, Dois de Julho, terá atos comemorativos simbólicos no Largo da Lapinha, com as devidas restrições – para garantir o isolamento social, o acesso será liberado apenas às autoridades civis e militares, além da imprensa identificada. A partir das 8h, haverá hasteamento das bandeiras nacional, do estado e da capital baiana, seguido pela deposição de flores aos Heróis da Independência no monumento do General Labatut.

Em 2001, o ex-senador ACM, o presidente da Rede Bahia ACM Júnior e o prefeito de Salvador ACM Neto juntos no desfile cívico (Welton Araujo/Arquivo Correio)

Da mesma forma que a Lavagem do Senhor do Bonfim é considerada como a inauguração do calendário político na Bahia, outra festa popular é historicamente utilizada como um termômetro de popularidade daqueles que estão na vida pública: o Dois de Julho. A data, cívica com ares de festa popular, ao longo dos anos se transformou também em uma oportunidade para que homens públicos tivessem um contato mais próximo com o povo. A participação de governantes no Dois de Julho começou em meados do século XIX, quando os governantes passaram a participar da sessão solene e a desfilar à frente dos carros emblemáticos do Caboclo e da Cabocla. Foram nos últimos 30 anos, no entanto, que a política ganhou força na festa.

Foto: Enaldo Pinto/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), ironizou a ausência do governador Rui Costa (PT) das celebrações do dia da Independência da Bahia nesta terça-feira (2). “Não tem sentido o governador não participar do evento. Para mim, ele não faz nenhuma falta”, provocou, nesta terça-feira (2), o gestor da capital baiana que disse não ter recordação de um governador da Bahia ter faltado ao Dois de Julho desde que atua na política. “Na minha opinião, não haveria nenhum evento mais importante do calendário para um governador ou para um prefeito do que o Dois de Julho, que é a comemoração da independência do estado. O dia mais importante de celebração dos nossos heróis e de homenagem à Bahia e aos baianos.

Foto: Max Haack/Secom

Durante a entrega das obras de macrodrenagem da Rua Urbano Duarte, em Monte Serrat, nesta segunda-feira (1º), o prefeito ACM Neto (DEM) criticou o governador Rui Costa (PT) por se ausentar do estado durante o Dois de Julho, em Salvador. O governador viajou neste domingo (30) para a Espanha onde cumpre compromissos oficiais. “Não sei qual é a motivação do governador para não estar presente. Não posso conceber nenhum compromisso para que o governador não esteja na data magna do Estado, mas a agenda dele por enquanto não foi declarada, somente uma coisa muito forte justificaria a ausência do governador”, falou.

Close