Últimas Notícias sobre Dolar

Foto: AB

O dólar subia frente ao real nesta terça-feira (9) conforme investidores digeriam a ata da última reunião de política monetária do Banco Central e reagiam à deflação mensal do IPCA em julho, enquanto, no exterior, o clima era de expectativa por dados de preços ao consumidor dos Estados Unidos.

Valter Campanato/Agência Brasil

O mercado financeiro viveu um dia misto nesta quarta-feira (13). O dólar iniciou o dia em alta, mas inverteu a tendência e caiu, com investidores aproveitando as valorizações recentes para vender moeda. A bolsa de valores passou a maior parte do dia em alta, mas não resistiu às pressões internacionais e encerrou abaixo de 98 mil pontos.

O principal índice da Bolsa de Valores (B3) opera com leve de 0,10%, aos 98.371 pontos às 14h06 desta quarta-feira (13), em contramão dos índices norte-americanos, que caem repercutindo a alta inflação. Já o dólar tem queda de 1,15, cotado a R$ 5,3735.

O euro chegou a equivaler a US$ 1 nesta terça-feira (12), atingindo uma queda de cerca de 12% desde o início do ano. É a primeira vez, em 20 anos, que as duas moedas atingem paridade e têm o mesmo valor.

Foto: Marcelo Casal Jr./Agência Brasil

O dólar reverteu perdas de mais cedo e fechou em alta frente ao real nesta quarta-feira (22), acompanhando piora nos mercados internacionais devido a declarações do presidente do Federal Reserve (o banco central americano), Jerome Powell, em que ele afirmou que o Federal Reserve está “fortemente comprometido” em reduzir a inflação

Foto: Marcelo Casal Jr./Agência Brasil

O mercado financeiro teve mais um dia tenso à espera das decisões sobre os juros básicos no Brasil e nos Estados Unidos. O dólar subiu pela sétima vez seguida e alcançou o maior valor em pouco mais de um mês. A bolsa de valores teve a oitava queda consecutiva e atingiu o menor nível desde o início do ano.

O dólar comercial iniciou esta sexta-feira (10) em queda de 0,30%, cotado a R$ 4,9030 na venda. A moeda americana deve oscilar enquanto investidores aguardam a divulgação do índice de inflação ao consumidor nos Estados Unidos ainda nesta manhã.

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O dólar comercial encerrou esta terça-feira (7) em forte alta, refletindo a preocupação de investidores com a proposta do governo de reduzir impostos federais e ressarcir estados que aceitarem zerar o ICMS sobre os combustíveis.

O Ibovespa opera em queda nesta terça-feira (7) às 14h59, desvalorizando 0,23%, aos 109.925 pontos, seguindo a alta das ações da Petrobras e as preocupações fiscais. O dólar tem alta de 1,45%, a R$ 4,8642.

O Ibovespa opera em alta de 0,11%, aos 112.021 pontos, durante a sessão desta sexta-feira (27), às 14h25. O principal índice da B3 segue puxado por leves perdas e ganhos, próximo ao zero pressionado pelas ações da Petrobras. Já o dólar tem queda de 0,65%, a R$ 4,7364.

Close