Últimas Notícias sobre estupro

Caso é investigado pela Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente — Foto: Divulgação/Polícia Civil

A adolescente de 12 anos que foi agredida e estuprada por ao menos quatro jovens, com idades entre 15 e 18 anos, no subúrbio de Salvador, teve que sair da escola após “virar chacota” entre os suspeitos, segundo relatou o pai da menina, que não quis ser identificado.

Um técnico e árbitro de vôlei foi preso nessa quinta-feira (4), por suspeita de estupro de vulnerável e assedio sexual contra jovens. André Testa era treinador de uma equipe de São José, em Santa Catarina. Ele foi denunciado por ex-atletas.

Neste sábado (16) o anestesista que foi preso suspeito de estupro de uma grávida sedada durante cirurgia de parto virou réu pelo crime de estupro de vulnerável. A Justiça do Rio de Janeiro acatou uma denúncia feita pelo Ministério Público alegando que ele teria estuprado uma mulher que acabara de ter um filho, no último domingo (10), no Hospital da Mulher Heloneida Studart, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. 

Foto: Alberto Maraux / SSP-BA

Três criminosos procurados pela Justiça foram capturados, em menos de duas horas, ao serem flagrados pelas câmeras inteligentes do Sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria da Segurança Pública. Os foragidos das polícia eram procurados por roubo e estupro de vulnerável.

Uma segunda mulher se apresentou na Delegacia de Atendimento à Mulher de São João Meriti, na Baixada Fluminense, para testemunhar contra o médico anestesista Giovanni Quintella Bezerra. Ele foi preso em flagrante na madrugada desta segunda-feira (11) pelo estupro de uma paciente que estava dopada e passava por uma cesárea no Hospital da Mulher Heloneida Studart.

(foto: Redes Sociais/reprodução)

O médico anestesista Giovanni Quintella Bezerra ganhou milhares de seguidores nas redes sociais após ser preso em flagrante nesta segunda-feira (11/7) pelo crime de estupro de uma gestante durante uma cesariana. Antes da prisão, o seu perfil no Instagram tinha 365 seguidores, logo após a divulgação do caso, chegou à marca de 11 mil em poucas horas. 

A exposição de informações sigilosas sobre o estupro da atriz Klara Castanho, divulgadas por Leo Dias, e toda comoção social em torno do caso, não fizeram o site Metrópoles demitir o colunista de celebridades. Em um comunicado publicado nesta terça-feira (28), veículo assegurou que jornalista segue exercendo sua função.

Foto: Reprodução, Instagram/@jairmessiasbolsonaro

Após o Ministério Público Federal (MPF) informar que o procedimento de interrupção de gestação foi realizado na menina de 11 anos impedida de fazer aborto após estupro em Santa Catarina, o presidente Jair Bolsonaro (PL) utilizou as redes sociais, na noite desta quinta-feira (23), para informar que solicitou aos Ministérios da Justiça e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos que apurem o caso.

Foto: Haeckel Dias / Ascom PC

Uma equipe da Delegacia Territorial (DT) de Conceição do Coité, na região sisaleira, prendeu, na sexta-feira (3), um homem de 69 anos de idade, suspeito de praticar os crimes de estupro, cárcere privado e lesão corporal contra a enteada, de 41. Ele foi localizado em sua residência, na Rua Santos Dumont.

Um locutor de rádio – de 51 anos, foragido da Justiça e que não teve a identidade revelada – foi preso na tarde deste domingo (29) em Milagres, no Vale do Jiquiriçá. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Bahia, o homem é acusado de cometer um estupro na cidade de Iramaia, na Chapada Diamantina.

Close