Últimas Notícias sobre ex-presidente

Foto: Ricardo Stuckert / Instituto Lula

Advogados de Lula assinaram uma petição contra o pedido de habeas corpus ao ex-presidente protocolado nesta semana por Daniel Oliveira, ex-secretário de Justiça do Piauí, no Supremo Tribunal Federal, informa a Folha.

Foto: Reprodução

O ministro Felix Fischer, relator da Lava Jato do Superior Tribunal de Justiça (STJ), votou nesta terça-feira (23) para manter a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do triplex do Guarujá, mas sugeriu reduzir a pena de 12 anos e um mês para 8 anos, 10 meses e 20 dias. Os outros ministros da Quinta Turma ainda precisam votar sobre o tema. A Turma do tribunal iniciou na tarde desta terça a análise de um recurso apresentado pela defesa do ex-presidente.Fischer atendeu parcialmente o recurso. Pelo voto do relator, a pena ficaria:

Foto: Guadalupe Pardo/Reuters

O ex-presidente peruano Alan García, que cometeu suicídio na última quarta-feira (17) antes de ser preso, deixou uma carta na qual indicou que tinha medo de sofrer injustiças. “Vi outros desfilarem algemados, guardando a sua miserável existência, mas Alan García não tem por que sofrer essa injustiça e esse circo, por isso deixo aos meus filhos a dignidade das minhas decisões, aos meus companheiros um sinal de orgulho”, diz a carta. O documento foi lido por Luciana García Nores, uma das filhas do político, no funeral realizado em Lima, na sede do Partido Aprista Peruano.

Foto: Tomaz Silva/Arquivo/Agência Brasil

O Comitê de Ética da Federação Internacional de Futebol (Fifa) considerou o ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin, culpado por recebimento de propina. Com isso, ele foi banido de qualquer atividade relacionada ao futebol pelo resto de sua vida. Marin está preso nos Estados Unidos desde 2017. A Fifa também impôs uma multa de 1 milhão de francos suíços (cerca de R$ 3,2 milhões).

Foto: Koji Sasahara/AP

O ex-presidente da Nissan Motor Carlos Ghosn foi preso novamente em Tóquio no início desta quinta-feira (hora local), informou um amigo dele, menos de um mês após o executivo ter sido liberado sob fiança. Promotores foram ao apartamento na capital japonesa de Ghosn, segundo gravação da emissora pública NHK, e levaram-no até o escritório da promotoria em Tóquio. Um amigo de Ghosn disse que um advogado de defesa confirmou que ele foi novamente detido.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ex-presidente Michel Temer (MDB) pediu ao juiz federal, Marcelo Bretas, o desbloqueio de pouco mais de R$ 111 mil. Segundo o site UOL, Temer teria dito que a decisão “inviabilizou o próprio sustento de sua família, tornando-a, por conseguinte, insustentável de ser mantida”. Os bens do ex-presidente, avaliados em cerca de R$ 62,5 milhões, foram bloqueados por Bretas quando ele pediu a prisão preventiva de Temer, baseada em desdobramentos

Close