Últimas Notícias sobre falha de segurança

Foto : Divulgação/Câmara Municipal do Rio de Janeiro

O filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), o vereador Carlos Bolsonaro (PSC), questionou a segurança do presidente e do evento em que um empresário se suicidou na presença do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e o governador de Sergipe, Belivaldo Chagas.

Foto: ISTOÉ

O vereador do Rio Carlos Bolsonaro expressou preocupação com a segurança do pai, o presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ), depois que um empresário se matou na frente do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e do governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, nesta quinta-feira (4). “Mais uma falha de segurança. Seria bom a segurança do Presidente ficar mais atenta”, escreveu Carlos Bolsonaro, no Twitter, com menção a uma reportagem sobre o caso. O gaúcho Sadi Gitz, empresário do setor de cerâmica, estava na plateia do “Simpósio de Oportunidades – Novo Cenário da Cadeia do Gás Natural em Sergipe”. Ele tirou a própria vida no intervalo entre o discurso do governador e o do ministro. Em nota, o governo do estado lamentou a morte do empresário e cancelou o evento.

Close