Últimas Notícias sobre Fogueira

Foto: reprodução/Google Imagens

Faz parte tradição acender fogueiras e soltar fogos durante o período do São João. Porém, por conta da pandemia do coronavírus, esse hábito terá que ser esquecido momentaneamente em Juazeiro, norte da Bahia. A prefeitura expediu um decreto publicado nesta sexta-feira (5) que proíbe a prática. A justificativa é para proteger a população das doenças respiratórias, muito comum durante os festejos juninos em decorrência dos problemas causados pela fumaça, bem como as queimaduras.

Foto: Reprodução

Lesões nas córneas e perda de visão podem aumentar no período junino. Isso porque, com os festejos e costumes do período, a população fica mais exposta à fumaça, faíscas de fogueira e de fogos de artifício – elementos que podem comprometer a saúde ocular. Por isso, o médico oftalmologista do DayHORC, Marcos Vale, alerta a população sobre cuidados preventivos, como evitar locais com muita poluição e ter cautela ao manusear produtos explosivos. De acordo com o médico, um dos problemas mais frequentes é o contato dos olhos com fragmentos provenientes da queima de fogueiras e da exposição à fumaça, que provocam sensação de areia e lacrimejamento.

Foto: Reprodução/PB Hoje

Com os festejos juninos prestes a começar na capital e no interior da Bahia, é preciso destacar cuidados a serem tomados com um elemento mais que tradicional na festa: a fogueira. Fonte de calor para esta época em que são registradas temperaturas mais baixas, e um ícone da noite que antecede o dia de São João, celebrado em 24 de junho, ela exige atenção pela fumaça que expele, principalmente quando são utilizados alguns materiais específicos em sua composição.

Close