Últimas Notícias sobre Forró

Aos 113 anos, idoso esbanja vitalidade e diz que segredo está no forró: 'Dançar agarradinho' — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Qual o segredo para uma vida longa? Para o aposentado Justino Fernandes da Costa, que mora em Goiânia, o elixir da juventude está no forró.

Foto: Montagem de reprodução/Instagram

A ministra Damares Alves usou véu de noiva e dançou forró em festa com servidores da pasta da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Ela postou no Instagram fotos e vídeos do “Arraiá da Damarinha”, comandado pela cantora sergipana Antônia Amorosa.

Casal dançando forró se apresenta na Virada Cultural Imagem: Divulgação

O forró pode ser declarado como patrimônio imaterial do Brasil até meados de 2020. O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) iniciou pesquisa nos nove estados do Nordeste, mais o Distrito Federal, Rio de Janeiro e São Paulo para identificar a forma de expressão que além de gêneros musicais diz respeito a festas e interações sociais ao som da sanfona, zabumba e do triângulo.

A Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cultura, Turismo e Juventude, levou o projeto “Nordestinos no São João Encantado” da Cia de Teatro Fátima Carvalho para animar a Feira Livre e Praça Padre Mateus, no último sábado (08).

O grupo percorreu a feira e lojas no entorno da praça com vários instrumentos, levando músicas, alegria, costumes e simpatias do povo nordestino no período junino, utilizando os personagens: noiva, “coroné”, cigana, jeca, Maria Bonita, Lampião, padre, rainha do milho e noiva.

Foto: Divulgação

Está chegando a festa mais animado do recôncavo baiano, o Forró do Amoras, que acontece no dia 15 de Junho às 21h. O evento já tem uma tradição e todos os anos vem inovando. As atrações como o cantos Jauperi e a Banda Skama de Peixe animará o arrasta pé. E tem mais, comprando seu passaporte você come e bebe por nossa conta.

Foto: Maiana Belo / G1 Bahia

Uma empresa produtora de uma festa na cidade de Brumado, sudoeste da Bahia, foi acusada pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) de cometer prática abusiva de venda casada e por se negar a comercializar ingressos de meia-entrada no evento.

De acordo com o MP-BA, a empresa anunciou a venda de ingressos por R$180 para o acesso à festa de tipo open bar – quando o consumo de bebidas é liberado –, mas não detalhou quando do valor do ingresso era para a entrada e quanto era destinado ao consumo das bebidas.

Close