Últimas Notícias sobre gasolina

Foto: Reprodução Sul Bahia News

Motoristas da cidade de Teixeira de Freitas, no Extremo Sul do Estado, realizaram um protesto na manhã deste sábado (05) contra o aumento do preço da gasolina na cidade, onde o litro está sendo vendido entre R$ 8,19 e R$ 8,24.

Foto: Reprodução / Sul Bahia News

Em protesto contra o reajuste dos combustíveis, condutores de Teixeira de Freitas, no sul da Bahia, abasteceram R$ 0,50 e solicitaram a impressão da nota fiscal.

Imagem: Voz da Bahia

Após a divulgação do reajuste no valor da gasolina na cidade de Santo Antônio de Jesus na manhã deste sábado (05), muitos internautas procuraram o Voz da Bahia, reclamando que o aumento pegou todos de surpresa.

Foto: reprodução do site do SindipetroBA

A tensão com a movimentação de tropas na fronteira entre Rússia e Ucrânia colocou o mundo – e o mercado – em alerta. O conflito tem dimensões geopolíticas que remetem à Guerra Fria e que podem afetar o Brasil significativamente.

As tratativas e negociações em torno de uma solução para diminuir o preço dos combustíveis seguem avançando no Congresso, afirmou o relator de dois projetos sobre o tema, o senador Jean Paul Prates (PT-RN), na terça-feira (8).

Com os sucessivos aumentos no preço da gasolina, já foram quatro neste ano, o litro do combustível bateu nesta terça-feira (8) a marca de R$ 7,50 na Bahia. O valor alto foi registrado em um posto de Porto Seguro, na Costa do Descobrimento, que anunciou o produto como promoção. No mesmo local, o etanol [álcool] saía a R$ 6,18 e o diesel, a R$ 6,42.

Foto : Divulgação

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) registrou um novo recorde no valor da gasolina comercializada no país. No Rio de Janeiro, o combustível foi encontrado por R$ 8,029 o litro nesta semana, rompendo a barreira dos R$ 8.

Um levantamento realizado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) apurou que o preço médio do etanol hidratado caiu em 12 estados e no Distrito Federal na semana entre 16 e 22 de janeiro. Em outros 12 estados, os preços subiram, enquanto na Paraíba eles ficaram estáveis e no Amapá não foi possível comparar porque não houve levantamento na semana anterior.

Foto: Divulgação

O preço da gasolina subiu na semana passada, de acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP). O valor médio do litro vendido nos postos do Brasil passou de R$ 6,608, há duas semanas, para R$ 6,664, entre os dias 16 e 22 de janeiro.

Imagem: Reprodução

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), usou as suas redes sociais neste domingo (16) para culpar o Senado e os governadores pelos altos preços dos combustíveis. Também disse que os chefes dos

Close