Últimas Notícias sobre Telemarketing

Foto: Divulgação

Infelizmente, os criminosos estão elaborando cada vez mais os seus golpes, e hoje em dia eles cometem crimes sem necessidade de nenhum software malicioso como vírus. Agora, a última moda é o sequestro do WhatsApp de pessoas públicas e até mesmo cidadãos comuns com o Golpe do Telemarketing.

Podem se cadastrar no site os que rejeitam chamadas de telemarketing. Imagem: Marcelo Casal Jr.

O site Não me Perturbe já teve 620 mil pessoas cadastradas no primeiro dia no ar. A iniciativa é das operadoras de telecomunicações e atende a uma determinação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Foto: Ilustrativa

Em pouco mais de 12 horas, mais de 247 mil pessoas pediram para não receber mais ligações de telemarketing de empresas de telecomunicação, de acordo com balanço divulgado nesta terça-feira (16) pelo Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviços Móvel Celular e Pessoal (Sinditelebrasil).

Foto: Algar Tech / Divulgação

A lista de “Não Perturbe” para as operadoras de telecomunicações entra em vigor nesta terça-feira (16). A medida, determinada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), prevê que os clientes incluídos nesse grupo não mais receberão ligações de telemarketing de empresas para a venda de serviços, a exemplo de pacotes de telefonia, acesso à internet e TV paga.

Imagem: Divulgação/ Shutterstock

Termina nesta terça-feira, 16, o prazo para que as empresas de telefonia criem a lista nacional de bloqueio de telemarketing. O consumidor que não quiser mais receber ligações de ofertas de empresas como Claro/Net, TIM, Vivo, Nextel, Oi e Sky deve se cadastrar no portal naomeperturbe.com.br.

Foto: Divulgação

As ligações de telemarketing são alvo de intensas reclamações, seja pela quantidade ou pelos horários. Pelo menos um terço destas envolve a oferta de serviços de telefonia, TV por assinatura e acesso à internet. Em resposta às críticas generalizadas, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) determinou que as operadoras de telefonia proíbam esse tipo de chamada com oferta de serviços de telefonia, TV por assinatura e internet. Pela decisão da agência, as principais empresas do setor (Algar, Claro/Net, Nextel, Oi, Sercomtel, Sky, TIM e Vivo) criem em até 30 dias uma lista de “não perturbe”.

Close