Terça-feira em Paris? Próximo de Messi, PSG aluga Torre Eiffel, usada para anunciar Neymar

Foto: Divulgação / FC Barcelona

Ir a Paris para fechar um grande negócio já fez parte até enredo de filme – que, por sinal, termina de uma meio melancólica para Owen Wilson. Mas isso foi em 2011. Em 2021, apesar de ter elementos de drama, o grande negócio, por enquanto, está longe das telas do cinema: Messi pode estar fechado com o Paris Saint Germain.

Dois indícios foram apresentados nesta sexta-feira (6). Primeiro, o jornal Marca, da Espanha, confirmou que o ídolo do Barcelona já estava em Paris e que iria usar a camisa 22, deixando a 10 para Neymar. Depois, o jornalista espanhol Jose Alvarez, do programa El Chiringuito, informou que o clube francês reservou a Torre Eiffel para a próxima terça-feira (10).

O método foi utilizado pela última vez no dia 5 de agosto de 2017, quando o PSG anunciou ninguém mais, ninguém menos do que Neymar, a contratação mais cara da história do futebol (222 milhões de euros). Na ocasião, o principal cartão postal da capital francesa foi iluminada de vermelho e azul, por cerca de três horas, e exibiu o nome do craque brasileiro. (BN)