Universidade de Washington prevê 100 mil mortes por Covid-19 no Brasil no mês de abril

O Instituto de Métricas e Avaliação em Saúde, da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, prevê 100 mil mortes por Covid-19 no Brasil ao longo do mês de abril. As informações são do portal G1.

Segundo uma pesquisa da instituição – que considera fatores como a disseminação de variantes do vírus, uso de máscaras e respeito ao distanciamento social -, o número de mortos pode saltar dos atuais 330.297 óbitos, registrados neste sábado (3), para 436 mil em 4 de maio. A universidade projeta três cenários para o país, e os números são referentes ao pior deles.

Esse total pode cair para 429 mil mortes caso 95% da população use máscara em público, considerado o melhor cenário.

A universidade projeta ainda que, até o final do primeiro semestre, o Brasil atinja a marca de 595 mil mortes no pior cenário. No caso da adoção de máscaras em público por 95% da população, esse número pode cair para 507 mil. (BN)