USP doa 28 respiradores a Manaus

Foto : Divulgação/Universidade de São Paulo/Governo do Estado

Um grupo de engenheiros da Escola Politécnica (Poli) da Universidade de São Paulo (USP) enviou, ontem (19), 28 respiradores desenvolvidos por eles a Manaus. A capital do Amazonas enfrenta uma grave crise sanitária desde a última quinta-feira (14), com o colapso do sistema de saúde local, por conta do aumento de casos de Covid-19 e falta de oxigênio nos hospitais.

Foram prometidos pelo governo de São Paulo 40 equipamentos. Os 12 que faltam estão em processo de fabricação e devem ser entregues assim que finalizados.

O material é um ventilador pulmonar, chamado de Inspire, que foi criado por engenheiros da Poli junto com a Faculdade de Medicina da USP para suprir a necessidade da pandemia do coronavírus. Ele foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em agosto do ano passado.

Até amanhã (21), a expectativa é de que equipes de 10 hospitais sejam capacitadas para operar os aparelhos. O coordenador do projeto, Raul Gonzalez Lima, foi a Manaus e, desde ontem (29), ele vem realizando o treinamento em cada estabelecimento. (Metro1)