Vale volta a registrar lucro após tragédia de Brumadinho

-Logo da companhia de mineração Vale em Brumadinho (MG) - 29/01/2019; empresa volta a registrar lucro após tragédia (Adriano Machado/Reuters)
Logo da companhia de mineração Vale em Brumadinho (MG) - 29/01/2019; empresa volta a registrar lucro após tragédia (Adriano Machado/Reuters)

O lucro líquido da Vale no terceiro trimestre deste ano atingiu 1,654 bilhão de dólares, aumento de 17,5% em relação ao observado no mesmo período do ano passado. O resultado reverte os prejuízos de 133 milhões de dólares registrado no trimestre imediatamente anterior e de 1,642 bilhão de dólares do primeiro trimestre. No acumulado dos nove primeiros meses deste ano, apesar do resultado positivo no terceiro trimestre, o prejuízo ainda é de 121 milhões de dólares, na esteira da tragédia de Brumadinho (MG), ocorrida em janeiro, que matou mais de 250 pessoas.

“No terceiro trimestre de 2019, progredimos para a estabilização de nosso negócio e avançamos com o nosso objetivo de reparação integral de Brumadinho”, comentou o presidente da Vale, Eduardo Bartolomeo, no documento que acompanha o demonstrativo financeiro, divulgado nesta quinta-feira, 24. “Estamos evoluindo com um portfólio de produtos premium ajustado às demandas de mercado”, disse, no documento. Já o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado foi de 4,6 bilhões de dólares, recorde para um terceiro trimestre desde 2013, registrando aumento de 6,4% em relação ao mesmo trimestre de 2018. Após reconhecer provisões de 5,65 bilhões de dólares no primeiro semestre para indenizações e doações pela tragédia de Brumadinho (MG), a companhia informou que não foi necessário realizar baixas adicionais no terceiro trimestre, apenas despesas de 225 milhões de dólares que não se qualificam como provisão. (Veja)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui