Agosto tem maior nº de focos de queimadas na Amazônia dos últimos 9 anos, diz Inpe

-
Foto : Paulo Pinto/Fotos Publicas

As queimadas no bioma Amazônia aumentou quase três vezes no mês de agosto deste ano, em comparação com o mesmo período de 2018, de acordo com dados do Programa Queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). As informações são geradas com base em imagens de satélite. É o maior número observado para o mês desde 2010.

O bioma registrou, no mês passado, 30.901 focos ativos, contra 10.421 no mesmo mês ano passado. Se for considerado todo o território do país, as queimadas também tiveram alta. No total, foram 51.936 focos em agosto. O aumento é de 128% em relação ao mesmo mês do ano anterior, quando foram identificados 22.774 focos. Os números são os maiores já registrados para agosto, desde 2010.

De janeiro a agosto deste ano, foram registradas 46.825 queimadas na Amazônia pelo Inpe. No mesmo período do ano passado,, foram 22.165 focos ativos na região, o que representa um aumento de 111%.

(Metro1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui