Alegando descumprimento de acordos trabalhistas, funcionários de igreja do pastor Valdemiro Santiago entram em greve

Foto: Divulgação

Funcionários da Igreja Mundial do Poder de Deus decretaram greve nesta quarta-feira (10/11). Fundada pelo pastor Valdemiro Santiago, a instituição religiosa vem sendo acusada de não cumprir com acordos trabalhistas.

Segundo os grevistas, o templo atrasa salários e vale-alimentação, além de não depositar parcelas do FGTS dos trabalhadores.

Encabeçado pelo Sindicato dos Radialistas do Estado de São Paulo, o movimento afirma em nota que a situação vem se arrastando a tempos sem solução. Segundo os organizadores, a igreja afirmou que iria regularizar a situação em diversas reuniões, mas não cumpriu com o combinado.

Outra acusação é que a instituição de Valdemiro não seguiu as medidas sanitárias vigentes durante o período crítico da segunda onda da pandemia, registrada no começo deste ano em todo o país. (Metrópoles)