Apple coloca carros autônomos como meta até 2024 e foca em novo design de bateria para os veículos

De acordo com informações divulgadas pela Reuters nesta segunda-feira (21), a Apple Inc AAPL.O está avançando com a tecnologia de carros autônomos e tem como meta até 2024 produzir um veículo de passageiros que possa incluir sua própria tecnologia de bateria inovadora.

Os esforços automotivos da empresa, conhecidos como Projeto Titan, têm ocorrido de forma desigual desde 2014, quando a fabricante do Iphone começou a projetar seu próprio veículo do zero. Em certo ponto, a Apple recuou nos trabalhos sobre o software e reavaliou seus objetivos. Doug Field, um veterano da companhia que havia trabalhado na Tesla Inc TSLA.O, voltou a supervisionar o projeto em 2018 e demitiu 190 pessoas da equipe em 2019.

Desde então, a Apple progrediu o suficiente para agora ter como objetivo construir um veículo para os consumidores, disseram duas pessoas familiarizadas com o projeto à Reuters. Esse novo segmento irá contrastar com rivais como a GOOGL.O Waymo da Alphabet Inc, que construiu táxis-robô para transportar passageiros em um serviço de chamada sem motorista.

A Apple está principalmente focada no desenvolvimento de um novo design de bateria que poderia reduzir “radicalmente” o custo das mesmas e aumentar o alcance do veículo, disse uma terceira pessoa que viu o design da bateria.

Questionada sobre o projeto, a companhia de tecnologia se recusou a comentar sobre seus planos ou produtos futuros.

Fabricar um veículo representa um desafio na cadeia de suprimentos até mesmo para a Apple, uma empresa com grandes fontes de lucro que fabrica centenas de milhões de produtos eletrônicos todos os anos com peças de todo o mundo. O Tesla de Elon Musk por exemplo, levou 17 anos antes que finalmente se tornasse um carro com lucro sustentado.

“Se existe uma empresa no planeta que tem recursos para fazer isso, provavelmente é a Apple. Mas, ao mesmo tempo, não é um telefone celular”, disse uma fonte que trabalhou no Projeto Titan.

Apesar da empresa não ter confirmado nada até o momento, investidores já estão de olho no que pode ser uma grande atração para o mercado nos próximos anos. (BPMobey)