Bahia registra 65,5 mil casos prováveis e 80 mortes suspeitas por dengue em 2019

0
62
-Foto: WikiImages/Pixabay
Foto: WikiImages/Pixabay

Até a primeira semana de novembro a Bahia registrou 65.574 casos prováveis de dengue. No mesmo período de 2018, o número foi de 8.647 casos prováveis. De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), os número representam um crescimento de 658,3%.

No total, 385 municípios realizaram notificações para casos prováveis de dengue. Neste período, o número de mortes suspeitas de dengue chegou a 80, sendo que 31 foram confirmados: 29 laboratorialmente, um por critério clínico-laboratorial e um por critério clínico-epidemiológico.

Com 12 casos, Feira de Santana é o município com maior número de óbitos por dengue. Salvador registrou três, Paulo Afonso dois e Candeias, Rafael Jambeiro, Coração de Maria, Jacobina, Paripiranga, Presidente Dutra,  Santo Antônio de Jesus, Simões Filho, Candiba, Camaçari,  Mulungu do Morro e Euclides da Cunha, Muritiba e Cruz das Almas registraram um caso.

A Sesab informou que das 80, 31 mortes foram descartadas e 18 permanecem em investigação.

CHIKUNGUNYA

Em 2019, foram notificados 8.656 casos prováveis de Chikungunya no estado. Enquanto no mesmo período de 2018 o índice foi de 4.275 casos prováveis, o que representa um aumento de 102,4%.

Segundo a Secretaria de Saúde, 208 municípios realizaram notificação sobre a doença.

Dados da Sesab indicam que até a primeira semana de novembro oito pessoas morreram por Chikungunya no estado. Os casos aconteceram em Feira de Santana, Candeias,  Madre de Deus e Salvador. Permanecem em investigação dois óbitos na capital e em Candeias.

ZIKA

No período de 30 de dezembro do ano passado e 8 de novembro deste ano a Bahia registrou 2.863 casos prováveis de Zika. No mesmoperíodo de 2018, foram notificados 1.378 casos prováveis, o que representa um aumento de 107,7%. No total, 180 municípios realizaram notificação para esse agravo. Não há registro de morte por Zika na Bahia neste período. (Bahia Notícias)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui