Bahia sai na frente, mas sofre empate do Palmeiras e amplia jejum no Brasileirão

0
221
-
Com o empate o Tricolor chega a sétima partida sem vencer. Foto: Romildo de Jesus

Não foi dessa vez que o Bahia voltou a vencer no Brasileirão. Na tarde de hoje (17), o tricolor ficou no empate pelo placar de 1×1 com o Palmeiras. Artur Caike e Borja marcaram os gols da partida disputada na Fonte Nova.

O Bahia foi melhor na primeira etapa, mas só abriu o placar nos acréscimos. Aos 47, Arthur Caike cobrou falta, a bola passou no meio da derrota e não deu chances ao goleiro Weverton. No segundo tempo, o Palmeiras melhorou o rendimento e empatou aos 25 minutos. Bruno Henrique lançou Zé Rafael, que passou para Miguel Borja chutar de perna canhota e deixar tudo igual no placar.

Com o resultado, o Bahia fica com 44 pontos na 9ª colocação. O tricolor precisa torcer por um empate na partida entre Vasco e Goiás, que duelam na segunda-feira (18). Se a partida tiver vencedor, o Bahia perderá uma posição. O Esquadrão de Aço volta a campo no próximo domingo (24), às 16h, no Serra Dourada, para enfrentar o Goiás.

O JOGO

O Bahia chegou com perigo logo aos três minutos. Élber fez boa jogada na direita e rolou para João Pedro, o lateral chegou batendo, mas pegou mal na bola. A zaga do Palmeiras afastou parcialmente e ela sobrou para Ronaldo, o volante cruzou e Arthur Caíke cabeceou, mas Weverton defendeu. Aos 14, Gilberto saiu na cara de Weverton após belo passe de Élber, o camisa 9 bateu bem, mas o arqueiro do Palmeiras fez ótima defesa.

Aos 36, Gregore carregou pelo meio, ganhou da marcação e abriu na direita para Élber, o camisa 7 ganhou na velocidade e tentou tirar na saída do goleiro Weverton, que mais uma vez fez grande defesa.

De falta, Arthur Caíke marca

O Bahia abriu o placar no último lance do primeiro tempo. Aos 46, Gilberto sofreu falta na entrada da área. Arthur Caíke bateu e a bola passou entre dois jogadores da barreira, sem chances para o goleiro Weverton.

Segundo tempo

Na segunda etapa, foi a vez do Palmeiras chegar com perigo no início. Aos 2, Zé Rafael tocou para Lucas Lima, que achou Borja dentro da área, o camisa nove girou e chutou, mas a bola passou com perigo à esquerda do gol de Douglas. O Bahia respondeu aos 9. Gregore tocou para João Pedro na direita, o lateral foi até a linha de fundo e cruzou, Arthur Caíke ganhou no alto e cabeceou, mas Weverton pegou em dois tempos.

Aos 13, Dudu recebeu na direita, cortou pra dentro e só rolou para Bruno Henrique, o volante chegou como jogador surpresa dentro da área, mas chutou por cima do gol.

Borja empata o jogo

O Palmeiras empatou aos 25. Em bom contra-ataque, Dudu lançou bonito para Zé Rafael, o camisa 8 dominou e enfiou linda bola para Borja, o colombiano chutou rasteiro de canhota e o goleiro Douglas acabou aceitando.

Aos 30, Lucas Lima recebeu livre na meia-lua, girou e chutou forte de canhota, obrigando o goleiro Douglas a fazer boa defesa. Aos 36, mais uma vez Dudu na direita, ele cortou para esquerda e chutou, a bola explodiu na barriga de Borja e ia morrer no gol, mas Douglas operou um milagre.

FICHA TÉCNICA
Bahia x Palmeiras
Campeonato Brasileiro – 33ª rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 17/11/2019 (domingo)
Horário: 16h
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Auxiliares: Luiz Claudio Regazone e Michael Correia (ambos do Rio de Janeiro)
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga, com auxílio de João Batista de Arruda e Daniel do Espirito Santo Parro (todos do Rio de Janeiro
Cartões amarelos: Flávio e Ronaldo (Bahia)
Gols: Arthur Caíke (Bahia) / Borja (Palmeiras)

Bahia: Douglas; João Pedro, Lucas Fonseca, Wanderson e Moisés; Gregore, Flávio (Shaylon) e Ronaldo; Élber (Lucca), Arthur Caíke e Gilberto (Fernandão). Técnico: Roger Machado.

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Bruno Henrique, Thiago Santos e Gustavo Scarpa (Lucas Lima); Dudu, Zé Rafael (Willian) e Deyverson (Borja). Técnico: Mano Menezes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui