Bolsonaro acusa Leonardo DiCaprio de colaborar com queimada na Amazônia

-
Foto :UNclimatechange

O presidente Jair Bolsonaro disse ontem (28), em transmissão ao vivo nas redes sociais, que o ator e ativista americano Leonardo DiCaprio colaborou com ONGs para aumentar queimadas na Amazônia.

Ele ironizou as doações do artista para a organização que, segundo Bolsonaro, seria a mesma responsável por incêndios criminosos. O presidente também voltou a criticar ONGs ambientalistas, reforçando uma possível autoria por parte delas nas queimadas.

“Uma ONG contratou 70 mil por uma foto de queimadas. Então o que o pessoal da ONG fez? O que é mais fácil? Tocar fogo, tira foto, filma, a ONG divulga, faz campanha contra o Brasil, entra em contato com Leonardo DiCaprio e ele doa 500 mil dólares para essa ONG. Uma parte foi para o pessoal que estava tacando fogo. Ô Leonardo, você está colaborando com a queimada na amazônia, assim não dá”, disparou Bolsonaro. 

Para basear os comentários, ele citou a prisão preventiva dos quatro brigadistas da organização Brigadas de Alter do Chão do Pará, acusados de serem os responsáveis por queimadas no mês de setembro. No entanto, a Justiça decidiu soltar os brigadistas.

A investigação não apontou nenhum elemento apontava para a participação deles ou organizações da sociedade civil. 
 

(Metro1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui