Bolsonaro afirma que alta nos registros de armas não fez número de mortes crescer

-
Foto : Antonio Cruz/ Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (29), pelo Twitter, que o crescimento dos registros de armas de fogo no país não fizeram o número de mortes aumentar. “Registro de armas de fogo cresceu 50% no corrente ano, levando-se em conta o mesmo período de 2018. Segundo ‘especialistas’, o número de mortes deveria aumentar no Brasil, mas na prática caiu 22%”, afirmou. 

Na publicação, o presidente disse ainda que a pretende ampliar a medida, mas precisa de apoio do Congresso. “Dependo do Parlamento para ampliar o direito à posse/porte para mais cidadãos”, pontuou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui