Bolsonaro diz que veto a obras culturais não é ‘censura’, mas sim para ‘preservar os valores cristãos’

0
79
-
Foto : José Cruz/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou ontem (5) que o veto a obras culturais não é “censura”, mas sim uma medida tomada com o objetivo de “preservar os valores cristãos”.  A declaração do chefe do Executivo ocorre após o cancelamento de espetáculos, festival de cinema e seminário que seriam realizados em equipamentos federais, como unidades da Caixa Cultural e do CCBB do Rio de Janeiro.

“A gente não vai perseguir ninguém, mas o Brasil mudou. Com dinheiro público não veremos mais certo tipo de obra por aí. Isso não é censura, isso é preservar os valores cristãos, é tratar com respeito a nossa juventude, reconhecer a família”, afirmou ele. 

(Metro1)

- Anúncio -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui