Brasil pode perder vaga em conselho de direitos humanos da ONU

0
60
-
Foto : José Cruz/Agência Brasil

Com a entrada da Costa Rica na disputa por uma vaga no Conselho dos Direitos Humanos (CDH) da Organização das Nações Unidas (ONU), a cadeira do Brasil no órgão está em risco. A informação é do Estadão.

Criado em 2006, o CDH escolhe seus 47 membros através de uma votação secreta feita pelos 193 países que compõem a Assembleia-Geral da ONU. Os candidatos são divididos por região. O Brasil disputa com Venezuela e Costa Rica duas vagas disponíveis para os países da América Latina e do Caribe, em mandato válido de 2020 a 2022. A eleição ocorre hoje (17).

- Anúncio -

Para continuar no posto para o qual foi eleito em 2006, 2008, 2012 e 2016, sendo um dos recordistas de participação, o Brasil precisa conquistar pelo menos 97 votos. A vaga estava praticamente certa até o último dia 3, quando Carlos Alvarado Quesada, presidente da Costa Rica, colocou sua candidatura, como forma de impedir que a Venezuela assumisse um posto no conselho.

Embora a intenção oficial de Quesada seja barrar o governo de Nicolás Maduro, o movimento foi encarado como uma ameaça também à vaga brasileira, cuja relação com outros países-membros da organização tem sofrido desgastes graças aos conflitos diplomáticos do presidente Jair Bolsonaro com outras nações.

(Metro1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui