Brasil remove diplomatas e funcionários brasileiros da Venezuela

Foto : Twitter

O governo brasileiro informou hoje (5) em portarias publicadas no Diário Oficial a remoção de quatro diplomatas e 11 funcionários brasileiros de sua embaixada em Caracas, dos consulados em Caracas e Ciudad Guayana e do vice-consulado em Santa Elena do Uairén, cidade próxima à fronteira com Roraima.

O processo de retirada total ainda pode demorar em torno de dois meses, mas os diplomatas e demais representantes do Brasil em Caracas receberam a confirmação de sua remoção ontem (4).

Com a retirada, os brasileiros na Venezuela perderão acesso a serviços como emissão de passaporte e certidão de nascimento.

De acordo com o jornal O Globo, fontes brasileiras afirmam que também deixará o posto nas próximas semanas o encarregado de negócios, Rodrigo Andrade, adidos militares e outros funcionários. (Metro1)