Caetano Veloso cobra R$ 2,8 milhões de Olavo de Carvalho por acusação de pedofilia

0
91
-
Fotos: Divulgação / Reprodução / Youtube

O cantor Caetano Veloso cobra do escritor Olavo de Carvalho, ideólogo do presidente Jair Bolsonaro, a quantia de R$ 2,8 milhões por descumprimento de decisão judicial.

Olavo não cumpriu a decisão da justiça de excluir de suas redes sociais “mensagens que relacionem o cantor à pedofilia”. As mensagens seriam relacionadas ao início do namoro dele com a produtora Paula Lavigne quando ela tinha 13 anos – músico tinha 40.

O juiz determinou que Olavo removesse o conteúdo sob pena diária de R$ 10 mil. Como Olavo não excluiu todos os conteúdos ofensivos, a defesa de Caetano fez um cálculo de dias, contando a partir de 48h após sua intimação da decisão da tutela, e chegou ao número de 281 dias de desobediência à ordem judicial, resultando numa multa de R$ 2,8 milhões.

De acordo com a advogada de Caetano, Simone Kamenetz, após ser intimado, Olavo terá 15 dias para pagar. “Ele não pode mais recorrer da sentença, pois perdeu o prazo para a apelação”.

(Bahia.Ba)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui