Chefe de Governo de Hong Kong cancela oficialmente lei da extradição

-Foto : Reprodução/Flickr/Asia Society
Foto : Reprodução/Flickr/Asia Society

A chefe do Governo de Hong Kong, Carrie Lam, cancelou hoje (4) a lei de extradição de suspeitos de crimes para a China continental, onde os tribunais são controlados pelo Partido Comunista. A norma foi o que iniciou as manifestações e confrontos entre a população e as forças policiais que vem ocorrendo há 13 semanas consecutivas.

“O Governo vai retirar formalmente o projeto de lei de modo a afastar totalmente as preocupações do público. O secretário de Segurança apresentará uma moção de acordo com as regras, quando o conselho legislativo se voltar a reunir”, afirmou Lam.

“A partir deste mês, eu e os meus principais membros do Governo iremos dirigir-nos à comunidade de modo a começar um diálogo direto. Pessoas de todas as camadas da sociedade, com diferentes crenças e origens, estão convidadas a partilhar os seus pontos de vista e as suas queixas”, declarou ela. “Temos de encontrar forma de resolver o descontentamento da sociedade e procurar soluções”, acrescentou Lam. (Metro1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui