Com time mesclado, Bahia enfrenta boliviano Guabirá pela Sul-Americana

Foto: divulgação ECBahia

É impossível prevê a escalação do Bahia para o jogo desta terça-feira (27), a partir das 19h15, contra o boliviano Guabirá. No sábado (24), o técnico Dado Cavalcanti adiantou que vai poupar alguns jogadores visando a final contra o Ceará. Mas não informou quantas mudanças no time vai fazer. O goleiro Douglas, de Covid-19, e o atacante Rossi, suspenso, estão fora.

Uma das alternativas é a saída dos atletas com maior sequência atuando de primeira, como o zagueiro Germán Conti e o volante Patrick de Lucca. O lateral Nino e o meia Rodriguinho e o atacante Gilberto são os mais velhos do grupo e também podem não ir para o jogo ou ficarem no banco. O lateral Matheus Bahia e o meia Thaciano sentiram cansaço no jogo contra o Fortaleza, no sábado, pela semi-final do Nordestão.

Dado não tem tradição de mexer muito na escalação. Matheus Teixeira está praticamente confirmado, enquanto o atacante Thonny Anderson (foto) foi relacionado para o jogo e pode começar jogando se algum atacante for poupado. O paraguaio Óscar Ruiz deve continuar como substituto de Rossi.

O tricolor é o segundo do grupo, com 1 ponto, fruto do empate contra o Montevideo City Torque na estreia, no Uruguai. O argentino Independiente lidera, com três pontos, após vencer o lanterna Guabirá. Somente o primeiro colocado se classifica. (bahia.ba)