Comissão da Câmara aprova texto que proíbe nomear parentes para embaixada

0
97
-Foto : Wilson Dias/Agência Brasil
Foto : Wilson Dias/Agência Brasil

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados aprovou hoje (14), em votação rápida, a proibição do nepotismo na administração pública federal, incluindo indicações para cargos como de embaixador.

O texto, proposto pelo deputado Roberto de Lucena (Podemos-SP), pode impactar diretamente no governo do presidente Jair Bolsonaro, já que o chefe do Executivo sinalizou a indicação do filho Eduardo para a embaixada do Brasil nos Estados Unidos. 

- Anúncio -

O projeto trata a ação como ato de improbidade administrativa e fixa pena de detenção de três meses a um ano para aqueles que descumprirem a regra. Fica de fora, porém, nomeações para cargos poĺiticos, como os de ministro ou de secretário estadual. (Metro1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui