Como vender mais no Dia dos Namorados? Especialistas explicam

Foto: Divulgação

Apesar do cenário econômico difícil, o Dia dos Namorados ainda mostrará grande busca por presentes. De acordo com uma pesquisa do Google, até o início de maio, a busca pelo assunto registrou uma alta de 105% em relação ao mesmo período do ano passado. A tendência, mostram os dados, é que o interesse cresça ainda mais às vésperas da data, já que 76% daqueles que pretendem comprar presente, afirmam que o fariam a menos de 15 dias da data.

Para as empresas interessadas em aproveitar a época para ampliar as vendas, o Google preparou algumas dicas.

Dicas para vender mais no Dia dos Namorados

  • Priorize o bom atendimento

Comprar um presente que caiba no bolso é importante, mas um bom atendimento é essencial para a escolha do presente. Quer conquistar seu cliente? Seja rápido para tirar dúvidas, proporcione a ele um atendimento personalizado, responda todas as mensagens no seu site e na plataforma do Google. As chances de sucesso nas vendas são ainda maiores.

  • Crie oportunidades

Diferente de outras datas, no Dia dos Namorados não há uma categoria específica de presentes a ser oferecida. Esta é uma ocasião propícia tanto para lojas de roupas, sapatos e perfumaria, quanto para outras categorias como serviços de spa, ou experiências em restaurantes e hotéis. Dessa forma, seja qual for o seu negócio, a probabilidade de poder oferecer um produto ou serviço especial é grande. Apresente a sua empresa como uma opção diferenciada de presente.

  • Saia do tradicional

Pensar em presentes criativos é uma das principais dificuldades de quem vai escolher o presente de Dia dos Namorados, disseram 30% dos entrevistados. Por essa razão, oferecer experiências ou produtos que proporcionem algo para ser feito a dois pode chamar a atenção dos clientes.

  • Tenha atenção aos prazos de entrega

Levando em conta que mais da metade dos consumidores irão comprar presentes próximo da data,  garantir que o produto será entregue no prazo é essencial. A preocupação com o atraso nas entregas foi mencionada por 20% dos consumidores.

  • Ajude seu cliente

Quanto mais informações os consumidores têm de um produto, mais simples fica a compra. Por isso, compartilhe fotos, promoções e sugestões de produtos. Um meio para se fazer isso é através da ferramenta Google Meu Negócio.

  • Mantenha informações atualizadas

Ao anunciar um produto no perfil da sua empresa no Google, não esqueça de manter as informações atualizadas como o horário de funcionamento da loja, localização no Google Maps e a disponibilidade do produto para retirada, para entrega ou envio para a casa do cliente. Saber que o produto está disponível impacta diretamente na decisão de compra.

Personalizando a experiência

Mesmo com a presença digital, as empresas precisam criar ainda uma estratégia de vendas mais robusta para se destacarem. Segundo Babi Tonhela, sócia e diretora de Produtos do Ecommerce Na Prática, escola que ensina varejistas a criarem suas próprias lojas digitais, é preciso unir uma boa estratégia à inteligência de dados. Conhecer muito bem seu público, segundo ela, evita até mesmo gastos desnecessários com publicidade e marketing,

“A melhor estratégia nessa data é usar a base de clientes que o lojista já tem para fazer novas vendas para o mesmo público. Os itens mais vendidos são smartphones, roupas, calçados, artigos de luxo e perfumes, que podem facilmente serem utilizados para agregar valor à compra do cliente. Este tipo de estratégia acaba sendo mais assertiva porque nesse período sempre fica mais caro fazer publicidade, ou seja, custa mais atrair novos clientes”, diz.

Veja abaixo outras dicas da especialista:

Aposte em ações especiais

“Descontos progressivos aumentam o ticket médio em cada venda e esse é nosso maior objetivo. Pode-se pensar em ‘paga 2 e ganha 10% de desconto, leva 3 e ganha 20% de desconto’ e assim por diante”, explica. “Claro que não é uma regra, é preciso primeiro avaliar orçamentos. Outra dica são kits exclusivos e brindes acima de um certo valor em compras”.

Use os canais de comunicação

“No WhatsApp, Instagram, e-mail e outros pontos de contato, uma boa ideia é oferecer uma atenção diferenciada para eles”. “O empreendedor pode promover uma consultoria para presentes e identificar o perfil dos parceiros, para, assim, direcionar o melhor produto para cada estilo”, sugere.

Engaje o público

Segundo Tonhela, dar atenção às redes sociais é primordial em datas comemorativas. “Crie um conteúdo temático, específico para o Dia dos Namorados. Por exemplo uma hashtag que contenha o nome da sua marca junto com palavras-chave, como “amor”, “namorados” ou algo parecido, e seus clientes podem levantar essa hashtag junto com você, postando nos stories do Instagram, Facebook, e outras mídias”.

Consumidores de última hora

Essa é uma ótima oportunidade de aproveitar os atrasados e fazer campanhas de raio ao redor do seu negócio, promovendo ofertas de última hora, kits, presentes, e outras ideias. “Organize sua logística para evitar atrasos. Entre em contato com motoboys e combine os processos. Como é uma data, é sempre imprescindível tomar cuidado para não gerar frustrações nos consumidores”.

Atendimento de qualidade

“Faça com que os clientes recebam um atendimento de qualidade durante as compras, o que pode garantir a fidelização e aumentar as chances de uma próxima compra. Portanto, nunca deixe de solucionar dúvidas e ser o mais atencioso possível durante o contato do consumidor com a marca”. (Extra)