Datafolha: 20% dos eleitores religiosos afirmam votar de acordo com indicações das igrejas

Pelo menos 20% dos eleitores com alguma religião dizem receber recomendações e instruções sobre como votar dentro de igrejas ou outros locais de culto, segundo resultado da última pesquisa Datafolha, realizada na última semana passada e divulgada pelo jornal Folha de S. Paulo.

Do total de entrevistados, 51% se declaram católicos e 26% evangélicos. Segundo o levantamento, apenas os dois segmentos foram ouvidos porque as outras religiões não tiveram amostras significativas na pesquisa.

Comparando os dois grupos, o posicionamento dos fiéis são mais presentes entre evangélicos do que entre católicos, segundo o levantamento. No entanto, a maioria dos entrevistados relata não haver interferência no pensamento político.

Entre os evangélicos, o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) consegue ultrapassar o petista Luiz Inácio Lula da Silva nas intenções de voto. Neste grupo, Bolsonaro alcança 36%, contra 28% de Lula. No cenário geral, o atual mandatário tem 28% das intenções de voto, enquanto Lula lidera com 47%.

Pesquisa

O Datafolha ouviu 2.556 pessoas acima dos 16 anos em 181 cidades. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 09088/2022. Foram ouvidos 2.556 eleitores em 181 cidades nesta quarta (22) e quinta-feira. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. (bahia.ba)