Delegado diz que jovens mortos em SAJ faziam parte de facções; um deles saiu recentemente do presídio

Delegado Dr. Adilson Bezerra / Imagem: Voz da Bahia

Em entrevista coletiva sobre as mortes registradas nas últimas 12 horas em Santo Antônio de Jesus, delegado Dr. Adilson Bezerra da 4ª Coorpin esclareceu alguns fatos relacionado aos crimes.

Segundo o delegado, Darley Santos e Maurício de Jesus pertencia a uma facção e suas mortes estariam ligadas a disputa de ponto de tráfico, “as mortes das últimas horas tem ligação direta com tráfico de drogas” disse.

Ainda conforme Dr. Adilson, Darley que foi morto na manhã desta quinta-feira (09) na Avenida Beira Mar (veja aqui), tinha envolvimento com porte ilegal de arma, roubo, além de suspeita de homicídio. Já Maurício, assassinado na noite de quarta-feira (08) no bairro Rádio Clube (relembre) estava em liberdade condicional e havia saído há pouco tempo do presídio, “estamos investigando os casos, um já temos prova de autoria definida contudo, iremos continuar nosso trabalho com a Polícia Militar para garantir a segurança da população”, garantiu.

Freitas relatou que a polícia tem o compromisso de dar uma resposta a sociedade a respeito destes crimes ocorridos, “nós já estamos bem avançados nas investigações e esperamos o mais cedo possível dá essa resposta a população santoantoniense com a prisão dos autores que cometeram esses bárbaros crimes. Insisto severamente que os mesmos se matam, todos envolvidos no mundo do crime ou por serem de facções rivais apenas por disputa de território para vendas e entorpecentes”, declarou.

Redação Voz da Bahia