Deputados aprovam parecer e deputado bolsonarista é suspenso da Alba por 30 dias

Foto: Carlos Amilton/Agência Alba

Os deputados da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) aprovaram, nesta terça-feira (21), a suspensão do mandato do parlamentar bolsonarista Capitão Alden (PSL) pelo período de 30 dias. A punição ocorre depois de ele acusar, sem provas, que colegas teriam recebido R$ 1,6 milhão da prefeitura de Salvador.

A suspensão do mandato foi aprovada por 40 votos favoráveis contra três contrários. O parecer acatado pelos parlamentares foi apresentado pela Comissão de Ética da Al-Ba. Ela indica que o deputado cometeu os crimes de calúnia e difamação, além de ter quebrado o decoro parlamentar.

A deputada estadual Talita Oliveira (PSL), colega de partido do Capitão Alden, que se recusou a assinar a representação contra o deputado no Conselho de Ética, pois “seria como desapontar a quem defende as mesmas bandeiras”, não compareceu à votação. (Metro1)