Em nota, Corinthians repudia ‘intimidação’ ao elenco na chegada em São Paulo

-
Foto: Reprodução / YouTube

O Corinthians emitiu uma nota oficial nesta segunda-feira (14) repudiando a intimidação por parte de um grupo de torcedores aos jogadores no desembarque em São Paulo. Os atletas foram ameaçados no caminho para o ônibus da delegação no Aeroporto Internacional de Guarulhos na noite deste domingo (13) após derrota para o Fluminense por 2 a 1, no Maracanã, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“Não acreditamos em intimidação e ameaças como forma de obter resultados esportivos. O momento pede tranquilidade, trabalho e responsabilidade conjunta. Temos plena confiança no grupo de jogadores que formamos. Conhecemos o caráter e o profissionalismo desses atletas, das conquistas de que muitos fizeram parte às situações mais difíceis deste ano”, diz o clube no comunicado.

Os jogadores do Timão não chegaram a sofrer agressões físicas, por causa da proteção dada pelos seguranças da própria delegação do clube e também por guardas do aeroporto. Presente no local, a equipe de reportagem da “TV Gazeta” registrou o tumulto.

O Corinthians ocupa a 15ª colocação na tabela de classificação com nove pontos. Mesma pontuação do próximo adversário Bahia, que é o 16°. As duas equipes se enfrentam na quarta (16), às 21h30, na Neo Química Arena, pela 11ª rodada do Brasileirão.

Leia na íntegra a nota do Corinthians:

“O Sport Club Corinthians Paulista lamenta profundamente as cenas ocorridas no último domingo, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, e ressalta que sempre zelará pela integridade física de atletas e funcionários.

Este é um ano em que a torcida do Corinthians faz enorme falta. Não ter a Fiel nos empurrando nas arquibancadas da Neo Química Arena e do Brasil, jogo após jogo, é parte de um vazio com o qual precisamos nos acostumar urgentemente.

Quem já teve essa torcida do lado sempre sentirá essa ausência. Mas não acreditamos em intimidação e ameaças como forma de obter resultados esportivos.

O momento pede tranquilidade, trabalho e responsabilidade conjunta. Temos plena confiança no grupo de jogadores que formamos. Conhecemos o caráter e o profissionalismo desses atletas, das conquistas de que muitos fizeram parte às situações mais difíceis deste ano. Confiamos que a resposta necessária será dada em campo.”

ASSISTA AO VÍDEO: