Estoque de sangue com fator RH negativo está em estado ‘crítico’ na Hemoba

O estoque de sangue com fator RH negativo está em estado ‘crítico’ no Hemoba. Diante desse cenário, a fundação realiza campanha externa com a unidade móvel de coleta (Hemóvel). Nesta segunda-feira (27), a situação mais grave estava nos tipos A-, B- e O-.

A partir desta terça-feira (28) até o dia 1º de outubro a unidade móvel vai receber no estacionamento do supermercado Big Bompreço, na Avenida ACM, das 8h às 17h.

Além das coletas itinerantes com os Hemóveis e das unidades de coleta espalhadas em 22 municípios da Bahia, a Hemoba está com dois postos extras na capital baiana, nos shoppings Salvador e Salvador Norte, com atendimento de segunda-feira a sábado, sempre das 9h às 18h.

Para doar sangue, o voluntário deve estar em boas condições de saúde, pesar acima de 50 quilos, e deve estar bem alimentado. A Hemoba alerta que preferencialmente o doador não deve ter ingerido alimentos sem gordura. O voluntário deve ter entre 16 e 69 anos de idade (menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal) e apresentar documento original com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo o território nacional.

Os atendimentos são realizados por ordem de chegada, respeitando o limite de dois doadores por vez e as regras de segurança e distanciamento social.

O cadastro de doadores será encerrado assim que completar a capacidade máxima de atendimento diário.

“Nossa ida aos centros comerciais e supermercados tem como objetivo estar nos lugares com de grande fluxo de pessoas. Estamos preparados para receber os voluntários de forma controlada, com todos os protocolos de segurança contra o coronavírus. A expectativa é reforçar o estoque estratégico para atender os pedidos das unidades de saúde, além de sensibilizar a população sobre a importância das doações regulares, sobretudo durante a pandemia”, declarou o diretor-geral da Hemoba, Fernando Araújo. (BN)