Fernanda Torres explica porque negou vacina AstraZeneca: ‘Uma desconfiança infundada’

Foto: Reprodução/Instagram

A atriz Fernanda Torres, de 55 anos, recebeu a primeira dose da vacina AstraZeneca contra Covid-19 nesta segunda-feira (14). Fernanda foi vista em um posto de vacinação do Rio de Janeiro procurando o medicamento da Pfizer e usou suas redes sociais para explicar o porquê se negou a tomar a AstraZeneca.

A atriz, que já teve a doença, contou que decidiu tomar a primeira dose após consultar seu médico sobre qual das vacinas disponíveis para a população deveria tomar já que tem histórico familiar de trombose. “Mesmo sabendo do risco ínfimo, mais do que ínfimo, da vacina da Astrazeneca, procurei pela Pfizer nos postos, cuja chegada ao Brasil havia sido anunciada nos jornais dois dias antes da minha data de vacinação”, disse.

Fernanda disse que o fato dela ter negado a AstraZeneca ter se tornado público contribuiu para alimentar o negacionismo, criando uma desconfiança infundada em torno da Astrazeneca.”Uma vacina extremamente eficaz e segura”, afirmou. 

A atriz Fernanda Montenegro, mãe de Torres, também tomou a AstraZeneca. “Minha mãe tomou a segunda dose da Astrazeneca há um mês, meu irmão tomou Astrazeneca, bem como o meu enteado transplantado. Hoje, em respeito à Fiocruz, com toda a segurança, tomei a primeira dose da vacina Astrazeneca”, contou Fernanda.

Ela declarou estar aliviada por ter sido vacinada.”Continuarei usando máscara e mantenho o distanciamento social, até que o Brasil alcance uma taxa de vacinação compatível com o retorno a uma vida próxima do normal”, disse a atriz. (Bahia.BA)