Filhos pedem interdição do apresentador Cid Moreira e acusam madrasta de cárcere e maus tratos

Foto: Reprodução / Instagram

Roger e Rodrigo Moreira, filhos do apresentador Cid Moreira, entraram com um pedido de interdição do veterano na Vara de Família de Petrópolis, no Rio de Janeiro, e a prisão da madrasta, Fátima Sampaio Moreira, por cárcere privado.

De acordo com o site UOL, que obteve acesso ao documento protocolado pelos ex-herdeiros do apresentador, os filhos alegam que Cid, de 93 anos, enfrenta sintomas de demência.

Foto: Reprodução / Instagram

O filho adotivo de Cid, Roger Moreira, afirmou que a madrasta priva o apresentador de sua liberdade e controla todas as postagens das redes sociais atribuídas a ele.

“A única coisa que posso falar agora é que a verdade vai aparecer em breve. Ele é uma vítima. Se não fossemos impedidos, nós filhos estaríamos convivendo com ele. Amamos ele e não podemos nos aproximar porque ela não deixa”.

No documento, Roger e Rodrigo afirmam que Fátima, que é 40 anos mais nova que o apresentador, teria se casado com ele por interesse econômico. Os filhos pedem a tutela de urgência, por considerar que Cid não tem condições de administrar os próprios bens.

“Têm-se notícias que a mesma agride o idoso, deixa sem medicação, comida vencida ou estragada por 15 dias em pleno cárcere privado, e o pior, sem a sua presença ela some para fazer compras e se enturmar com os amigos [… Os filhos estão preocupados com o pai. Cid Moreira está passando por um momento muito difícil. Ele tem 93 anos e a impressão que dá é que ele está sendo usado”.