Após vice na Libertadores, Renato Gaúcho é demitido do Flamengo

Alexandre Vidal/Flamengo

A derrota para o Palmeiras na final da Libertadores, no último sábado (27), em Montevidéu (URU), foi o suficiente para a diretoria do Flamengo decidir pela demissão técnico Renato Gaúcho, nesta segunda-feira (29). Após o insucesso, o Rubro-Negro carioca ficou distante de qualquer possibilidade de título de primeira prateleira na temporada.

De acordo com o site ge.globo, a medida ocorreu após uma reunião entre a diretoria e o treinador. Quem comandará o clube até o final do Campeonato Brasileiro é o ex-comandante do sub-20, Maurício Souza.

O Flamengo encara o Ceará, nesta terça-feira (30), às 20h, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. Caso não vença, o Atlético-MG será campeão.

Renato Gaúcho já não permaneceria em 2022, por opção da diretoria. A derrota na final da Libertadores foi motivo para antecipar a saída. (BN)