Força-tarefa da Lava Jato no Paraná denuncia Lula pela quarta vez

-
Foto: Reprodução

O ex-presidente Lula foi mais uma vez denunciado pela força-tarefa da Lava Jato no Paraná. A quarta já formalizada pela investigação contra o petista, a denúncia protocolada na sexta-feira (11) acusa o ex-presidente de lavagem de dinheiro da Odebrecht por meio de doações ao Instituto Lula. 


Os procuradores afirmam que foram pagos à instituição que leva o nome do ex-presidente, entre os anos de 2013 e 2014 o equivalente a R$4 milhões, que teriam sido debitados de uma espécie de conta corrente de propina com origem e obras da construtora. 


A mesma lógica de repasse foi usada pela força-tarefa para basear outras denúncias contra Lula. 

A nova denúncia já é de responsabilidade do novo coordenador da Lava Jato no Paraná, Alessandro Oliveira, que substituiu Deltan Dallagnol no posto no último dia 1º. (BN)