Globo corta cenas de homofobia e prostituição em Fina Estampa

-
Foto: Divulgação

Com a pandemia do novo coronavírus, as novelas pararam de ser gravadas e, por isso, a Rede Globo resolveu reprisar alguns de seus sucessos até que as gravações voltassem ao normal. Fina Estampa, uma das grandes produções da emissora, está sendo reprisada às 21h, mas com cortes que deixam a trama sem sentido.

Para acelerar a história e evitar polêmicas, cenas da vida de prostituição de Leandro (Rodrigo Simas) foram cortadas. Isso significa que o momento em que ele briga com a mãe Dagmar (Cris Vianna), que o pega no flagra durante um programa, não foi exibida, e os dois já aparecem brigados, aparentemente sem motivo.

Cenas de homofobia com o personagem Crô também foram cortadas. Os ataques sofridos pelo homossexual por homens que jogavam vôlei na praia não não aparecem. (Isto é)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui