Governador diz que festas de carnaval serão proibidas na Bahia

-
Reprodução

Nesta quarta-feira (13), durante a passagem do comando-geral da Polícia Militar da Bahia, o governador Rui Costa foi questionado pela imprensa sobre a manutenção dos feriados nos dias de carnaval, no próximo mês de fevereiro. Ele respondeu que os dias seguirão normais, sem feriados, e que assim como foi feito no final de 2020, as festas serão coibidas e proibidas para evitar a aglomeração de pessoas e consequente disseminação do coronavírus.

“Nós não vamos estimular qualquer tipo aglomeração, qualquer tipo de atividade festiva. Será proibida, assim como foi proibida no final de ano”, disse.

O governador ainda comentou o aumento do número de casos em alguns locais, citando a Alemanha como exemplo. “O fato da confraternização, mesmo sendo familiar, em alguns países do mundo, como na Alemanha, acelerou muito a contaminação. Pessoas de cidades diferente, de regiões diferentes, que pertencem a núcleo familiar, quando eles se encontram, acabaram pulverizando ainda mais a transmissão da doença”, comentou.

Na avaliação do governador, as festas de fim de ano no Estado não causaram um repique na curva de casos, mas a situação ainda é preocupante e requer a proibição de festas em fevereiro. “O número continua alto mas não houve um acréscimo em função do final de ano. Espero que na segunda quinzena a gente comece a ver uma redução nos números”, concluiu. (Agência Sertão)