Huck fala sobre jatinho de R$ 18 milhões financiado pelo BNDES

0
218
-
© Divulgação

Recentemente o apresentador Luciano Huck se envolveu em uma polêmica com o presidente Jair Bolsonaro, após fazer críticas ao governo. O político não gostou e decidiu atacar o contratado da Globo citando que o artista comprou um jatinho financiado pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

Dias depois da polêmica, o banco decidiu divulgar uma lista com os nomes dos clientes que pediram financiamentos no banco e o nome de Huck estava entre os que tinham pedido o empréstimo.

- Anúncio -

Agora, após a repercussão do caso, o apresentador decidiu comentar o assunto. Em entrevista para a colunista Fábia Oliveira, do jornal ‘O Dia’, o apresentador contou que houve aquisição da aeronave por parte de sua empresa, mas todo o procedimento foi como manda a lei.

“A empresa Brisair, da qual sou sócio, comprou um avião produzido pela Embraer. Para tanto, fizemos um empréstimo transparente, pago até o fim, sem atraso. Tudo como manda a lei. O BNDES FINAME é um tipo de financiamento bancário concebido para favorecer a indústria nacional, abrindo-lhe condições de competir em pé de igualdade com produtores estrangeiros”, contou enfatizando que ele é sócio da empresa.

Huck ainda lembrou que a operação financeira tem o objetivo de estimular a economia. “Milhares de operações financeiras como esta foram realizadas com único objetivo de estimular a produção, a aquisição e a comercialização de bens, máquinas e equipamentos produzidos no Brasil. A compra e o financiamento da aeronave foi feita por meio de um contrato absolutamente legal, sem vício, vantagem ou privilégio. Nada além disso”, afirmou o apresentador. (Notícias ao Minuto)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui