JBS pagou 11 milhões em bitcoins para recuperar operações após ataque de hackers

Foto: Divulgação/JBS

A empresa JBS pagou 11 milhões de dólares em bitcoins aos hackers que invadiram as redes de computadores que controlavam as operações da empresa no Canadá, Estados Unidos e Austrália.

Segundo o jornal The Wall Street Journal, o pagamento teve como objetivo proteger as fábricas de mais ataques.

Devido à invasão as fábricas tiveram que ser fechadas temporariamente, já que boa parte das atividades da empresa é controlada de forma virtual.

“Foi muito doloroso pagar aos criminosos, mas fizemos a coisa certa pelos nossos clientes”, disse o presidente da JBS nos EUA, André Nogueira, ao jornal.

A suspeita é de que um grupo russo seja o responsável pelo ataque. Uma invasão similar aconteceu em maio, contra a Colonial Pipeline, e interrompeu o fornecimento de combustível no sudoeste dos EUA por dias.

Nesta ação, segundo a publicação, foi pago um valor de R$ 22 milhões para que os dados fossem recuperados. (bahia.ba)