Juliano Cazarré diz sofrer perseguição no meio artístico por ser cristão: ‘Levo pauladas’

Ator Juliano Cazarré / Foto: Reprodução

O meio artístico é anticristão e hostil a profissionais que manifestem publicamente sua fé em Jesus, de acordo com o ator Juliano Cazarré, que atualmente integra o elenco do remake da novela Pantanal, da TV Globo.

Juliano Cazarré participou do programa Mais Você, apresentado por Ana Maria Braga, e falou sobre sua fé e os problemas que enfrenta nos bastidores do meio artístico por se posicionar de maneira franca a respeito do tema:

“Não é uma caminhada fácil se assumir católico no meio artístico, as pessoas estranham muito. Eu levo umas pauladas de vez em quando”, disse o ator à apresentadora Ana Maria Braga.

“Engraçado que quando eu voltei para igreja, já fazem vários anos, eu falei ‘que legal, eu tô voltando para a igreja do Brasil, vai ser muito bom, eu vou receber muito carinho. Mas recebo cada paulada também, cada pedrada”, acrescentou.

Cazarré não desperdiçou a oportunidade de falar sobre sua experiência de fé, e parafraseou o filósofo russo Fiodor Dostoiévski, que disse que “existe no homem um vazio do tamanho de Deus” para descrever o descontentamento intrínseco à existência humana:

“Todo ser humano tem um buraco dentro de si e esse buraco tem o formato de Deus, só Deus pode ocupar esse lugar. Tem uma coisa no nosso coração, um espaço, que só cabe Deus. Você pode tentar preencher isso com riqueza, com fama, com emprego, com sucesso, inclusive com várias outras coisas do mundo, mulheres, carros… Nada vai caber ali. Ali só cabe Deus. Enquanto você não preenche esse lugar, todas as outras coisas ficam faltando alguma coisa”, disse o ator.

“Por ser católico no meio artístico, tomo umas pauladas de vez em quando”, reiterou Cazarré. Em seguida, falou sobre sua filha mais nova, Maria Guilhermina, que passou por uma cirurgia no coração com apenas 2 horas de vida, e que essa situação tem sido desafiadora:

“Ela chegou com muito amor. Operou com duas horas de vida, ela nasceu com o coração aumentado. Que ela venha nos ensinar a amar mais ainda. Ela saiu da UTI e já pode mamar. Quando ela mama, a saturação de oxigênio sobe e os médicos não acreditam porque paciente assim é um esforço mamar”, resumiu.

Desabafo

Recentemente, o ator desabafou durante uma live no Instagram ao ser criticado por um seguidor e rotulado como “machista” por defender virtudes masculinas: “Falei mal das mulheres por acaso? É sempre essa frescura. Por isso que está cheio de homem de geleia, assim. Falar bem dos pais não é falar mal das mães, burro. Eu quero ver você achar alguém que trate a mulher tão bem quanto eu trato”.

Em seguida, o ator global afirmou que muitos homens usam o discurso do feminismo para tirar proveitos sexuais:

“Eu sou o cara que está em casa, meu irmão, com as crianças. Estou aqui com 4. Aí você vem aqui na minha live falar que eu sou machista? Seu moleque […] Vocês estão aí falando ‘seja livre, gata, eu não sou machista, não’, e pega uma hoje, pega outra amanhã, larga as mulheres para trás, faz filho e foge”.

VEJA:

Informações: Gospel Mais / por Tiago Chagas