“Kannário atentou contra democracia e merece ser preso”, diz Alden

-
Foto: Matheus Morais / Bahia.ba

O deputado estadual Capitão Alden (PSL) reagiu em defesa dos policiais militares e contra o deputado federal e cantor Igor Kannário. Durante passagem pelo Circuito Osmar (Campo Grande) nesta segunda-feira (24), o “Príncipe do Gueto” disse que os agentes de segurança são agressores e que, caso alguma coisa lhe acontecesse, seria a mando de alguém da Polícia Militar.

Em vídeo publicado no seu perfil no Instagram, Alden afirmou que Kannário atentou contra a democracia e merecer ser preso por cometer pelo menos três crimes.

“Não é a primeira vez que este indivíduo atenta contra o estado democrático de direito e afronta as instituições policiais, tanto civis quanto militares. Desta vez, cometeu diversos crimes: desacato, incitação ao crime, além de atentar contra a Lei de Segurança Nacional. Não só merece ser preso, como também perder o mandato, conforme o artigo 240 do Regimento Interno da Câmara dos Deputados”, disse o parlamentar.

O dispositivo versa sobre as condições de perda de mandato parlamentar. Entre elas, está “procedimento declarado incompatível com o decoro parlamentar”, o qual teria sido acionado por Kannário depois do episódio desta segunda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui