Lula diz que vai provar, da cadeia, que Moro e Deltan são bandidos

0
196
-
A entrevista foi realizada na carceragem da Polícia Federal em Curitiba. Foto : Reprodução / YouTube

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, durante entrevista ao jornalista Bob Fernandes, que vai provar que o ministro da Justiça, Sergio Moro, e o chefe da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol, são bandidos. 

A entrevista, realizada na carceragem da Polícia Federal em Curitiba, foi exibida ontem (16) na TVE Bahia e no YouTube. Na ocasião, Lula ainda disse que só quer sair da prisão com “100% de inocência”.

- Anúncio -

Lula afirmou não saber por quanto tempo permanecerá preso por corrupção e lavagem de dinheiro, mas não pretende pedir progressão de regime. “É daqui de dentro que eu quero provar que eles são bandidos e eu não. É isso que eu quero provar”, disse.  

O petista acredita que a operação Lava Jato é orquestrada pelo governo norte-americano com o objetivo de entregar o petróleo brasileiro. “Hoje, eu tenho clareza, Bob, que tudo que está acontecendo aqui no Brasil da Lava Jato tem o dedo dos americanos. O departamento de justiça americano manda mais no Moro do que a mulher dele”, afirmou.

Lula ainda classificou o presidente Jair Bolsonaro como “um monstro” que a Globo não esperava que surgisse e alfinetou a emissora ao dizer que “não tiveram coragem de lançar o Luciano Huck” como candidato à presidência da República. Ele também fez críticas à postura da empresa em relação aos vazamentos de mensagens obtidas pelo site The Intercept Brasil. “Até agora, pasme, hoje é dia 14, a Globo não teve a pachorra de publicar as coisas do Intercept. É como se não existisse. Foram capaz de inventar um hacker em Araraquara. Prenderam um hacker para dar vazão às mentiras do Moro e não têm coragem de prender o Queiroz”, disse. (Metro1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui