Mais de 220 mil famílias estão aptas a receber o Auxílio Brasil na capital

Com acréscimo de aproximadamente 34 mil famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, em Salvador, mais de 220 mil estão aptas a receber o Auxílio Brasil, conforme critérios do Ministério da Cidadania. Outras 134 mil famílias aguardam aprovação do governo federal. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre), nesta quarta-feira (12).

Segundo o titular da Sempre, Kiki Bispo, os números são resultado do funcionamento da nova sede do Cadastro Único (CadÚnico), no Comércio, que atende atualmente 450 pessoas por dia, através de agendamento. Ainda de acordo com o gestor, outro facilitador foi o trabalho de descentralização, que promoveu a abertura de novos postos de atendimento, elevando o número de senhas diárias de 1.300 para 3 mil. “Nossa força-tarefa continua, de forma a abranger cada vez mais beneficiários”, frisou.

Hoje a Sempre disponibiliza o serviço de adesão nas edições do CadÚnico Itinerante, que atendem de 150 a 200 pessoas, três vezes na semana, nos bairros de maior vulnerabilidade. As ações alcançaram a marca de mais de 10 mil atendimentos, em oito meses nas ruas.

Cadastramento

O cadastramento também é realizado:

– nas dez sedes das Prefeituras-Bairro, com 1,5 mil atendimentos por dia;

– no Núcleo de Atendimento à População em Situação de Rua (Nuar), com oferta de 160 fichas;

– e em 14 unidades do Centro de Referência de Assistência Social (Crads, nas localidades de Ilha de Maré, Ceasa, Itapuã, São Cristóvão, Lagoa da Paixão, Cajazeiras, Brotas, Calabetão, Fazenda Grande do Retiro, Federação, Ilha de Bom Jesus, Itapagipe, Castelo Branco e Lobato. Além desses, um ponto de apoio na Codesal completa a rede, permitindo a duplicação da capacidade de atendimento.

O titular da pasta lembra que foram abertos, ainda, dois novos postos, um no Subúrbio 360, em Coutos, e outro na Casa do Trabalhador, em Cajazeiras, com 200 atendimentos diariamente, cada. Bispo apela a quem tem que atualizar, ou cadastrar seus dados, para que não deixe de fazê-lo. “A estrutura montada pela Prefeitura está funcionando com toda comodidade e rapidez”, garantiu.

O agendamento pode ser feito através do site horamarcada.salvador. ba.gov.br, pelo aplicativo Fala Cidadão, ou pela assistente virtual Jana, no Whatsapp (71) 98392-3927.

Perfil

Podem receber o Auxílio Brasil famílias em situação de pobreza e extrema pobreza. As famílias em situação de extrema pobreza são aquelas que possuem renda familiar mensal per capita de até R$100 e as em situação de pobreza, com renda familiar mensal per capita entre R$100,01 e R$200.

Fonte: Bahia.ba