Média móvel de mortes por Covid-19 no Brasil bate recorde pelo 6º dia

Foto: Divulgação

A média móvel de óbitos em decorrência da Covid-19 no Brasil bateu recorde pelo sexto dia consecutivo, marcando 1.225 nesta segunda-feira (1º/3), o número mais alto desde o início da pandemia. O indicador, em comparação com o verificado há 14 dias, sofreu acréscimo de 15,4%, o que demonstra avanço da doença.

Devido ao tempo de incubação do novo coronavírus, adotou-se a recomendação de especialistas para que a média móvel do dia seja comparada à de duas semanas atrás.

Variações na quantidade de mortes ou de casos de até 15%, para mais ou para menos, não são significativas em relação à evolução da pandemia. Já percentuais acima ou abaixo devem ser encarados como tendência de crescimento ou de queda.

Em números absolutos, o país registrou 778 óbitos causados pela Covid-19 e 35.742 novas infecções de coronavírus nas últimas 24 horas, segundo o mais recente balanço divulgado pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). No total, o Brasil já perdeu 255.720 vidas para a doença e computou 10.587.001 casos de contaminação. (Metrópoles)