Mulher cai em golpe de faqueiro falsificado: ‘Me sinto impotente e enganada’

Foto: Arquivo pessoal / Patrícia Reis

Um casal que se passava por vendedor de faqueiro de luxo fez uma vítima no estacionamento de um grande shopping, em Salvador. De acordo com a vítima, a professora Patrícia Reis, o prejuízo foi de R$ 4.500.

Ao bahia.ba, Patrícia contou que foi abordada pela suposta vendedora que relatava estar em uma exposição de talheres importados e como não havia vendido todos, iria fazer um preço abaixo da média para evitar pagar excesso de bagagem, já que, segundo Patrícia, ela dizia ser de Minas Gerais e iria embora no dia seguinte junto com o companheiro e o filho.

“Tudo aconteceu quando estava saindo do Shopping Bela Vista junto com meu marido. Ela foi me envolvendo e a proposta parecia interessante, já que achei uma boa oportunidade de adquirir um faqueiro completo, dividido no cartão em 12x. Sabia que existia o papo de vendedora, mas nunca imaginei que os produtos eram falsificados. Não sei como, mas comprei 2 conjuntos de faqueiros e mais dois de facas para churrasco. Quando fui olhar mais atentamente em casa vi que o material trazido estava diferente do visto na mala do carro em que estavam. Aí resolvi buscar na internet e achei várias notícias desses golpistas em várias partes do país”, contou Patrícia.

Ainda de acordo com a professora, o ocorrido deixou uma sensação de impotência. “Quando ela me mostrou o kit de facas para churrasco, os cabos eram de madeira, mas quando cheguei em casa, vi que todos os cabos são de plástico. Passei o dia me sentindo assaltada, sem entender como paguei mais de 4 mil reais assim tão inocentemente”.

O caso, que aconteceu no dia 09 de outubro, foi registrado na delegacia da Polícia Civil, que investiga o crime. Patrícia diz esperar que o caso tenha um desfecho para que seja evitado que mais pessoas caiam neste golpe.