Netflix suspende serviços na Rússia em meio à guerra com a Ucrânia

Foto: Divulgação

A Netflix suspendeu seus serviços na Rússia em meio à guerra com a Ucrânia. As informações são da Variety.

Anteriormente, a gigante do streaming já havia se juntado a outras empresas que aderiram às sanções econômicas ao país. No começo do mês, a plataforma interrompeu produções originais russas e a compra de filmes e séries da Rússia.

A empresa tinha quatro originais russos em andamento, incluindo uma série de suspense policial dirigida por Dasha Zhuk, que estava sendo filmada e foi suspensa. A produção foi a segunda série original da Netflix filmada na Rússia, depois de “Anna K”, que terminou no ano passado.

“Devido às circunstâncias, nós decidimos por suspender nosso serviço na Rússia”, disse um porta-voz da empresa.

OUTRAS MEDIDAS

A Rússia também foi impedida de participar de grandes festivais e premiações da indústria de cinema e TV. O Festival de Cinema de Cannes anunciou na terça-feira (1º) que não receberá delegações russas ou participantes com vínculos com o governo. O Series Mania Festival e a MipTV disseram que não haverá presença russa em seus respectivos eventos, de acordo com a sanção do governo francês.

Na segunda (28), a exposição de artes Biennale em Veneza descartou seu pavilhão russo, enquanto o Festival de Cinema de Veneza continua ponderando sua resposta aos pedidos de boicote aos filmes russos no evento.

O Festival de Cinema de Glasgow, na Escócia, decidiu retirar dois títulos russos este ano: “No Looking Back”, de Kirill Sokolov, e “The Execution”, de Lado Kvataniya. Já o Festival de Cinema de Locarno, da Suíça, anunciou que exibirá filmes russos em sua próxima edição em agosto. (BNews)