Netflix teve aumento de 70% na busca por filmes tristes no auge da pandemia

'Milagre da Cela 7' foi um dos mais vistos | Foto: Divulgação

Em um balanço divulgado nesta quinta-feira (10), a Netflix revelou que a busca por filmes tristes em abril, no auge da pandemia aumentou 70% em relação ao mês anterior no Brasil.

Virou hit naquele momento o filme turco “O Milagre da Cela 7”, que conta a história de um homem que é condenado injustamente por um assassinato. Sua filha, que é apenas uma criança, é a sua grande defensora.

Produções de outras origens além das nacionais e das norte-americanas, que costumam ser mais consumidas por aqui, também passaram a ter a atenção dos brasileiros. A audiência do conteúdo turco dobrou durante este ano. Além de “O Milagre da Cela 7”, também é sucesso por aqui a série “O Último Guardião”.

A visualização de conteúdos coreanos também cresceu além do comum, 120%. A plataforma não informa quais são os títulos, mas entre os mais comentados na internet, estão os longas “Extracurricular” (2020), de Kim Jin-min, “Vagabond” (2019), de Yoo In-Sik, e “Signal” (2016), de Kim Won-seok. Há ainda a série “Túnel”, produzida em 2017.

Também estão na lista dos filmes para chorar mais vistos “Por Lugares Incríveis”. O longa é baseado no best-seller de Jennifer Niven, de mesmo nome, e tem no elenco Elle Fanning e Justice Smith.

A Netflix se baseou na diferença total de horas de visualização entre janeiro e novembro de 2019 em comparação à janeiro e novembro de 2020 para os assinantes da Netflix no Brasil.

****

OS FILMES TRISTES MAIS VISTOS NA NETFLIX

  • “Por Lugares Incríveis”
  • “O Milagre da Cela 7”
  • “Se Algo Acontecer… Te Amo”
  • “Era Uma Vez Um Sonho”
  • “Você Nem Imagina”
  • “O Caderno de Tomy”
  • “Secreto e Proibido”
  • “18 Presentes”
  • “Rosa e Momo”
  • “Quase uma Rockstar?”